3º Encontro de Formação - Ponte 2014

Grupoponte_3ºencontro_sitejsf

No fim de semana de 9 a 11 de maio, realizou-se mais um encontro de preparação do Projeto Ponte 2014. Acolhidos pela paróquia de Fárrio, na região Centro, o grupo Ponte dedicou a noite de sexta-feira à oração e reflexão sobre a caminhada feita até ao momento.
Posto à prova o conhecimento dos Pontistas sobre o Projeto do qual serão agentes na Guiné-Bissau, foram apresentados os objetivos, estratégias, tarefas e recursos delineados para cada área de atuação, pelos respetivos grupos de trabalho, momento que primou pela partilha e pela reflexão do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por todos.

Ainda no Sábado, foi proposto um momento de reflexão pessoal, orientado pelo Pe. Miguel Ribeiro, no qual todos tiveram a oportunidade de reler a sua carta de candidatura ao projeto e refletir sobre o caminho percorrido até ao momento, à luz da carta de São Paulo aos Coríntios.

A saúde teve, neste encontro, um especial enfoque, com a formação dada pela Beatriz Morgado, antigo elemento do grupo de Jovens Sem Fronteiras de Monte Abraão. Numa formação de cariz prático, mas também com um forte pendor missionário, muitos foram os conselhos dados e as dúvidas desmistificadas. A noite foi iluminada por uma Via Lucis, com Jovens Sem Fronteiras dos vários grupos da Região Centro, celebrando-se assim a presença de Cristo nas nossas vidas.

Na manhã de domingo, foi, mais uma vez, estimulado o espírito de grupo e o conhecimento de cada um acerca do outro, momento que culminou com a celebração da Eucaristia. Cada vez mais perto da partida, o grupo continua a caminhar rumo à Guiné-Bissau, semeando nos seus corações as palavras de São Paulo: “Quando fui ter convosco, irmãos, (…) pensei que, entre vós, não devia saber nada senão Jesus Cristo”.

O Grupo Ponte 2014 continua a caminhar

1920082_655352127855723_1074974297_n

No fim de semana de 7 a 9 de março, a paróquia de Joane acolheu o Grupo Ponte 2014 para mais um encontro de preparação para o projeto na Guiné Bissau.
No sábado, o grupo foi desafiado a confiar e a praticar canyoning com a descida do rio na Serra do Gerês. No sentido de estimular o trabalho de equipa, o grupo Ponte pôs à prova a sua coragem e o seu espírito de entreajuda. Num desafio em que todos deram as mãos, conseguimos confiar em Deus e uns nos outros, sempre com muita boa disposição.
O final de tarde de sábado ficou a cargo do Pe. Miguel Ribeiro que orientou o grupo numa leitura orante de uma passagem bíblica. Conduzidos à reflexão individual, seguida de uma partilha em grupo, tornou-se claro para todos a importância de sairmos de nós mesmos e sermos, na Guiné-Bissau, corpo de Cristo e da Sua Palavra.
A manhã de domingo foi passada em comunidade com o encontro com os Jovens Sem Fronteiras de Joane e as suas famílias, que culminou com a Eucaristia, onde, mais uma vez, o Grupo Ponte partilhou o seu projeto com a comunidade, salientando a importância do apoio de todos nesta missão que é de Deus e reafirmando as palavras da Epístola aos Colossenses: “E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.”
Caminhando rumo à Guiné-Bissau, o Grupo Ponte continua a traçar a sua travessia, acolhendo o chamamento de serem “sementes de esperança, corrente de mudança”, além-fronteiras.

Cristina Fontes, JSF Fiães